São asas que eu nunca pude usar.

Um diário. Um desejo. Um desabafo. Um desaforo. Um suor que escorre do coração aos dedos. Uma insônia que atormenta. Um medo, que transborda. Pensamentos que reviram e remexem e acabam vindo parar aqui.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Impulsos de felicidade

Se der vontade, vai embora, chuta o balde, encontra teu próprio aconchego, do lado certo, do lado oposto, do avesso, vai saber, qual o lado que te apetece.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Psiu, deixe um comentário! ♥